Skip to content

COORDENADAS DO GRUPO OFICINA DA MONOGRAFIA-G.O.M.

April 13, 2009

O GRUPO OFICINA DA MONOGRAFIA põe em prática atividades concebidas em complementação à disciplina de
Metodologia da Pesquisa ou Metodologia Científica;
É um espaço aberto de reflexão e aplicação dos conhecimentos metodológicos onde cada um, como pesquisador e sobretudo autor de sua própria comunicação acadêmica, pode apreciar e comentar livremente as experiências mútuas de composição e solucionar as suas dificuldades na preparação, elaboração e composição da sua monografia, sob orientação;
Tendo em vista o imperativo de estabelecer e cumprir um roteiro de anotações “protocolares” capaz de atender e adaptar o plano de preparação da monografia (supostamente) proposto na disciplina de Metodologia da Pesquisa, o OFICINA DA MONOGRAFIA é concebido para atender à demanda em assistir a cada pesquisador-autor-iniciante nos seguintes aspectos:
– no seu esforço individual para aproveitar os seus levantamentos de dados, nos quadros conceituais de sua disciplina principal;
– bem como assistí-lo no seu esforço para apreciar, comparar e comentar, em modo compreensivo, suas leituras dos textos da sua bibliografia específica,
já selecionada ou em vias de seleção.
***

O GRUPO OFICINA DA MONOGRAFIA favorece
as seguintes demandas:
Permite ao pesquisador-autor-iniciante aplicar-se nos procedimentos de observação e registro bem como diferenciá-los em níveis ou em etapas no curso da elaboração do texto e composição da sua monografia, como forma de comunicação da pesquisa;
Permite ao autor-orientador Jacob (J.) Lumier, mediante entrevistas de orientação assistir a cada pesquisador-autor-iniciante em suas ponderações e demandas metodológicas individuais, sem esquecer que a monografia se faz por auto-aprendizagem;
Especialmente ao pesquisador-autor-iniciante que já reconhece operativamente a mirada da sua disciplina e, desse modo, dispensa a necessidade de ser assistido individualmente, o OFICINA DA MONOGRAFIA lhe faculta o ambiente propício à troca de experiências e, com isso, lhe dá maior oportunidade de prosperar em sua capacidade de propor correlações pertinentes e tirar inferências das leituras da bibliografia e das suas próprias anotações dessas leituras.
O pesquisador-autor-iniciante que quiser uma orientação mais individual, tipo “aula particular” junto ao nosso GRUPO OFICINA DA MONOGRAFIA – G.O.M., além de seu endereço de correio eletrônico (e-mail), deverá dispor de seu próprio contato de Messenger e, ademais disso, se preferir poderá criar e utilizar um Blog seu com endereço restrito, não público, exclusivo seu, para registrar suas anotações e as entrevistas de orientação e estudo com o autor-orientador Jacob (J.) Lumier, – sem prejuízo das mensagens e trocas de experiência utilizando a página google do grupo, onde cada um deixará registrado e atualizará o assunto e a disciplina de sua pesquisa, para favorecer os interesses comuns.
OBS.
Note-se que a fórmula da minha orientação é uma aplicação do meu método como autor de ensaios, seguinte:
Escrevo minhas obras orientado pela compreensão de que um ensaio se diferencia de um tratado nos seguintes termos:
“Escribe ensaysticamente el que compone experimentando, el que vuelve y revuelve, interroga, palpa, examina, atraviesa su objeto con la reflexión, el que parte hacia él desde diversas vertientes y reúne en su mirada espiritual todo lo que ve y da palabra todo lo que el objeto permite ver bajo las condiciones aceptadas y puestas al escribir.” (…) “El ensayo es la forma de la categoría crítica de nuestro espíritu. Pues el que critica tiene necesariamente que experimentar, tiene que establecer condiciones bajo las cuales se hace de nuevo visible un objeto en forma diversa que en un autor dado; y, ante todo, hay que poner a prueba, ensayar la ilusoriedad y caducidad del objeto; éste es precisamente el sentido de la ligera variación a que el critico somete el objeto criticado”. (Cf. Max BENSE: “Ubre den Essay und seine Prosa”, apud Theodor W. ADORNO: “Notas de Literatura”, trad. Manuel Sacristán, Barcelona, Ed. Ariel, 1962, pp. 28 e 30).
– Em duas palavras, o autor de ensaios dedica-se a cultivar sobretudo uma atitude experimental, sendo esta atitude que o torna privilegiado para atuar como orientador em uma OFICINA DA MONOGRAFIA enlaçando experimentação e comunicação social.

– As adesões ao OFICINA DA MONOGRAFIA estão sendo feitas diretamente ao site do grupo no endereço

Tecle aqui


Utilize a seguinte ferramenta de pesquisa realizada pelo Grupo Oficna da Monografia:

Pesquisar sobre sociologia do conhecimento

Mecanismo de pesquisa personalizada do Google direcionado para cerca de cento e cinquenta websites selecionados no interesse dos profissionais de Ciências Humanas e Sociais nos principais idiomas.

***
©2009 Jacob (J.) Lumier

Advertisements
Leave a Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: